Uncategorized

1 articles in category Uncategorized / Subscribe

Oo telefone tocou às duas da manhã e eu atendi, naquela neblina de sono interrompido. As palavras do meu primo foram dolorosas. Eu pedi pra ele repetir, porque é o que você faz nessas horas. Ele repetiu. Eu cobrei explicações, porque não queria desligar o telefone e me adaptar à realidade. Enquanto ele falasse, eu poderia manter a esperança de acordar do pesadelo.

Ele falou e eu quase não prestei atenção, porque estava negociando o inegociável, mas ouvi. Foi horrível. Mas a gravidade se mancou e manteve a ficha suspensa no ar por mais um tempinho.

Agradeci e desliguei.

Leia mais →